segunda-feira, 11 de maio de 2015

Como ficar milionário em momentos de crise


Grant Cardone
Ficar rico ou, mais ainda, se tornar um empresário milionário em tempos de pouca estabilidade econômica pode parecer um sonho distante da realidade. Porém o criador da plataforma de aprendizado online em vendas Cardone University, Grant Cardone sugere, em um artigo publicado pelo site Entrepreneur, 10 dicas para quem deseja alcançar esse feito.

1. Siga o dinheiro
O primeiro passo é se concentrar em aumentar a renda. O especialista conta que tinha uma renda de US$ 3 mil por mês e nove anos mais tarde passou para US$ 20 mil. Como ele fez isso? Começou a seguir o dinheiro, a se concentrar em oportunidades realmente lucrativas, além de se forçar a controlar receitas.

2. Não esbanje o que você tem
"Eu não comprei o meu primeiro relógio ou carro de luxo até que os meus negócios e investimentos gerassem fluxos de seguros de renda", conta Grand Cardone. Segundo ele, o empreendedor deve ser conhecido por sua ética de trabalho e não pelas bugigangas que compra.

3. Não guarde apenas por guardar, mas para investir
A única razão para economizar dinheiro é para investir, diz. "Coloque o seu dinheiro guardado em locais seguros, nunca use para nada nem mesmo para uma emergência." Isso, reflete, vai forçar o empresário a continuar a seguir o passo de aumentar a renda.


4. Evite dívida que não pode pagar
Torne uma regra, nunca use dívidas que não vá fazer dinheiro. Pedir dinheiro emprestado para um carro só porque você sabia que poderia aumentar a sua renda. As pessoas ricas usam dívida para alavancar investimentos e crescer os fluxos de caixa. As pessoas pobres usam dívida para comprar coisas que fazem as pessoas ricas mais ricas.

5. Trate o dinheiro como um amante ciumento
Para ficar rico, o empreendedor terá de fazer disso uma prioridade de vida. "O dinheiro é como um amante ciumento. Ignore-o e ele irá ignorá-lo.

6. Dinheiro não dorme
Dinheiro não sabe nada sobre relógios, agendas ou feriados, aconselha Cardone. "Quando eu tinha 26 anos e trabalhava no varejo, a loja fechava às sete horas, mas na maioria das vezes era fácil me encontrar lá às onze horas fazendo uma venda extra. Nunca tente ser a pessoa mais inteligente ou mais sortuda, apenas certifique-se de trabalhar mais que todos".

7. Ser pobre não faz sentido


Grand Cardone chega a ser rabugento nesse ponto. Para ele, o empreendedor deve eliminar toda e qualquer ideia de que ser pobre é algo positivo. "Bill Gates disse: 'Se você nasce pobre, não é o seu erro. Mas se você morrer pobre, é seu erro'".

8. Procure por um empresário milionário para ser seu mentor
Encontre o seu próprio mentor milionário para auxiliá-lo nessa dura empreitada. A maioria das pessoas ricas são extremamente generosas e compartilham seus conhecimentos e recursos.


9. Faça seu dinheiro fazer o trabalho pesado
Investir é o Santo Graal para se tornar um milionário. A segunda empresa que Grand Cardone iniciou precisava de um investimento de US$ 50 mil. Esse negócio paga um retorno mais ou menos nesse mesmo valor por mês nos últimos 10 anos. "O seu dinheiro deve trabalhar para você e fazer o trabalho pesado"

10. Busque US$ 10 milhões e não US$ 1 milhão
O único grande erro financeiro que Grand Cardone diz ter cometido foi não pensar grande o suficiente. Não há falta de dinheiro nesse planeta, ele reflete, apenas uma escassez de pessoas que pensam grande o bastante. "Mas lembre-se de evitar esquemas de enriquecimento rápido, é preciso ser ético e nunca desistir", aconselha.


11. começe agora....


Fonte: http://www.entrepreneur.com/article/234454

domingo, 26 de abril de 2015

sábado, 28 de março de 2015

10 APPS para milionários

Alguns deles também podem apelar para aqueles que (ainda) não estão milionários,  felizmente nenhum deles tem um preço robusto e caro para download.

1. Forbes List (FREE)

A versão app da mais conhecida lista dos mais ricos da Forbes. Descubra quais milionários e bilionários estão à frente de você. Sempre intrigante, não importa o quão rico você é.

2. World’s Most Expensive Things (PAGO)

A lista mais fascinante e sedutora do mundo com os mais caros carros, vinho, comida, jóias, aparelhos e muito mais.

3. GS Research (FREE)

App Goldman Sachs' gera pesquisa global de + de 50 economias globais, atualizado diariamente como mercados abertos. Uma ferramenta completa e essencial para o investidor.

4. Catálogo da Sotheby (FREE)

Tome uma visão detalhada dos lotes do leilão que você pode querer oferecer para, de longe. O aplicativo interativo permite que você tire uma visão de 360 ​​de exposições atuais e visualizar os comentários no vídeo a partir de especialistas da Sotheby.

5. Hotéis de Luxo do Mundo (FREE)

Este app recomenda 100 hotéis exclusivos, globais para os viajantes mais exigentes. Você pode ver extensas galerias de imagens; procurar geograficamente; e ter uma visão detalhada de localização e amenidades de cada hotel.

6. PrivateFly (FREE)
PrivateFly iPad app
Mesmo o viajante de jato particular quer um ótimo negócio. App de PrivateFly fornece pesquisas instantâneas, preços de aluguer de jatos líderes de mercado, para qualquer viagem global, a partir de uma rede de mais de 7.000 aeronaves.
Consulte as especificações e imagens de aviões dentro e por fora; e no botão 'Jet Me Home' dá opções instantâneas de localização atual do usuário para seu aeroporto de origem - úteis para chegar em casa com pressa.

7. evo Interativo (FREE)

Experimente a emoção de Porsches test-drive, Ferraris, Aston Martins e Jaguares do seu iPad. A amostra é livre, com atualizações mensais pagas.

8. How to Spend It (FREE)

O Financial Times' fornece o guia de varejo autoritário para o comprador exigente. A versão app dá acesso gratuito a mais de 80 edições da revista.

9. The Watch Enthusiast (PAGO)

Um guia app abrangente para relógios de grife, com mais de 10.000 fotos de 2.000 + modelos por fabricantes, incluindo Rolex, Breitling e Omega. O aplicativo inclui classificações para ajudar você a escolher com sabedoria.

10. My Monte Carlo (FREE)

Um guia interativo para o hotspot Europeu mais exclusivo, cobrindo os melhores cassinos, hotéis, restaurantes e discotecas.

Fonte: http://blog.privatefly.com/top-10-apps-millionaires

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Sexta-Feira 13

És supersticioso, tens parascavedecatriafobia ou frigatriscaidecafobia? Então amanhã joga no Euromilhões. Será o concurso nº13 em uma sexta-feira 13, e o melhor horário para jogar é às 13:00, melhor se for 13:13, ah, e o valor do prémio desta sexta é nada mais nada menos que 31.000.000,00 de euros onde 31 ao contrário.......

Sobre a Sexta-Feira 13
A Sexta-feira no dia 13 de qualquer mês é considerada popularmente como um dia de azar.


O número 13 é considerado de má sorte.
Na numerologia o número 12 é considerado de algo completo, como por exemplo: 12 meses no ano, 12 tribos de Israel, 12 apóstolos de Jesus ou 12 constelações do Zodíaco. Já o 13 é considerado um número irregular, sinal de infortúnio.
A sexta-feira foi o dia em que Jesus foi crucificado e também é considerado um dia de azar.
Somando o dia da semana de azar (sexta) com o número de azar (13) tem-se pela tradição, o mais azarado dos dias.

Triscaidecafobia é um medo irracional e incomum do número 13.
O medo específico da sexta-feira 13 (fobia) é chamado de parascavedecatriafobia ou frigatriscaidecafobia.

A História da Sexta-Feira 13
A superstição foi relatada em diversas culturas remontadas muito antes de Cristo.

O número 13 tem sido mal interpretado desde há muito tempo.

Em algumas culturas ele pode ter sido considerado número de sorte. Não há nenhuma evidência de que o 13 tenha sido considerado um número de azar pelas culturas antigas. Pelo contrário, muitos povos o consideravam um número sagrado. Para os egípcios, a vida era composta por 12 diferentes estágios para que o ser humano alcance o 13º, que era a vida eterna. Dessa forma, o número 13 foi assimilado com a morte, mas não com uma conotação negativa, mas como uma gloriosa transformação. Essa ligação com a morte permaneceu e foi distorcida por outras culturas que nutriam o medo da morte e não a viam como algo presente no destino de qualquer vida.

Com relação à sexta-feira, diversas culturas a consideram como dia de mau agouro:
Alguns pesquisadores relatam que o grande dilúvio aconteceu na sexta-feira .
A morte de Cristo aconteceu numa sexta-feira conhecida como Sexta-Feira da Paixão.
Marinheiros ingleses não gostam de zarpar seus navios à sexta-feira.

Celebrações da Sexta-feira 13 em Portugal

Em Portugal, muitas cidades e vilas celebram a Sexta-feira 13. A maior festa acontece no castelo de Montalegre, Trás-os-Montes. Em Montalegre, todas as sextas-feiras 13 há uma grande festa, onde não faltam as bruxas, os bruxos, feitiços, teatro e a famosa queimada.


Na vila de Vinhais, na aldeia de Cidões, também se festeja a sexta-feira 13. Nesta festa, as pessoas reúnem-se à volta de uma grande fogueira. Há também um banquete com produtos locais.

Em Cavalinhos, Leiria, as mulheres juntam-se num encontro onde os homens não podem participar. A noite é das mulheres, que aproveitam para passarem uma noite com muita adrenalina à mistura.

Noutras cidades portuguesas, como Braga, Loulé ou Porto, a sexta-feira 13 é celebrada com muita animação e com muitas bruxas à mistura.

No ano de 2015 há 3 sextas-feiras 13 para comemorar, a sorte ou ter cuidado com o azar:

13 de Fevereiro
13 de Março
13 de Novembro

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Sexta-Feira_13

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Dicas e estratégias de como ganhar na raspadinha

As raspadinhas são jogos extremamente divertidos que se podem tornar muito viciantes depois de pouco tempo. Muitas pessoas procuram estratégias que aumentem as suas chances de ganhos de forma a ganhar muito dinheiro com as raspadinhas.

A verdade é que as raspadinhas são jogos baseados na pura sorte e como tal não existe nenhuma estratégia que lhe garanta uma vitória. Mas como no caso de outros jogos baseados na sorte, existem métodos que podem fazer aumentar as chances de ganhar se o fizer com inteligência.
A melhor estratégia para ganhar nas raspadinhas é obviamente, perceber como o jogo funciona.

Há estratégias?
Há, mas é preciso jogar e perceber como as coisas funcionam e mais que isto, é preciso estar atento:

1- existe um padrão de distribuição dos prémios, que se consegue perceber depois de se jogar algumas vezes;

2- há sítios onde vale a pena jogar e outros onde não vale a pena. Porquê? Um agente que ´venda mais raspadinhas vai receber bilhetes com prémios melhores, porque dá mais € a ganhar à Santa 
Casa, logo, vale a pena jogar nesses sítios e não em outros (como já disse, existe um padrão).


3- os bilhetes premiados são poucos, há que estar atento e ter a sorte de estar lá quando chega aos bilhetes premiados

4- é preciso ter em conta os dias em que se joga. Os agentes recebem as raspadinhas às 3ªas feiras, o que significa que esse dia é um dos melhores para se jogar; os dias piores são o fim de semana e a 2ª feira, onde já só há "restos" de séries com bilhetes não premiados ou com 1 ou 2€ de prémio.


Dicas para jogar na raspadinha:
1- Estabeleça um orçamento e mantenha-se fiel à ele. Decida o quanto você pode gastar em raspadinhas todas as semanas. Essa quantia deve ser, basicamente, algo que você possa e esteja disposto a perder, pois provavelmente irá.

2- Antes de comprar um jogo, analise o tipo de prémios que está sendo oferecido. É perfeitamente legal continuar vendendo as raspadinhas após todos os prémios já terem sido adquiridos por alguém.

3- Estude as chances que possui no jogo que estiver jogando. Alguns apresentam mais chances de vencer do que outros - mesmo que sejam mais baratos. Estude as letrinhas pequenas no verso do bilhete para descobrir quais são as chances de vencer. Faça uma comparação entre as chances de alguns jogos antes de sair comprando qualquer um deles. Obviamente, o bilhete com maiores chances é a melhor opção.
Tenha cuidado: preços maiores nem sempre significam maiores chances!.

4- Faça sempre com que o computador do seu Mediador lotérico confira a raspadinha. Pois há jogos onde há inúmeras formas de vencer, e você pode se ter enganado, portanto faça o computador trabalhar para garantir que você não passe despercebido por nenhum jogo. Há imensos casos de bilhetes premiados jogados fora, outro dia achei um na rua, pois eu mesmo um dia ia me enganando com o seguinte jogo, depois disso, passei a conferir alguns que ia encontrando pelas ruas e encontrei o tal, nesta série:

ATENÇÃO:
» Não jogue mais do que você está disposto a perder.
» Apesar dessas dicas ajudarem (e um pouco de matemática ajuda ainda mais), essas raspadinhas ainda são um jogo de AZAR e você irá perder na maioria das vezes.